Enquadramento

14º Congresso a atividade dos CFAE

25 Anos de Formação Contínua: Tributo e Desafios para os CFAE

19 e 20 outubro 2018

Santo Tirso

Debater no 14º Congresso a atividade dos CFAE é uma tarefa que consideramos complexa, mas fundamental neste ano de celebração dos 25 anos de criação do sistema nacional de formação contínua dos profissionais de educação e de criação dos CFAE.

Os CFAE, concebidos com alguma precariedade, que em certos casos perdura, correram, por várias vezes, o risco de serem extintos, mas souberam encontrar caminhos onde muitos só entreviam dificuldades, resolveram o que muitos não solucionavam, assumiram nas suas práticas a autonomia que tantos temem ainda ousar. Tantas vezes ignorados, tantas vezes secundarizados, tantas vezes desvalorizados, mas outras tantas enaltecidos e parabenizados, os CFAE completam 25 anos e este congresso é, sobretudo, um pretexto de celebração do testemunho e orgulho de quem exerce funções de serviço público de educação com eficiência e qualidade e não tem receio de afirmar isso!

Se para o desenvolvimento dos CFAE importa desenvolver o associativismo das Escolas, para o desenvolvimento da formação contínua em Portugal importa desenvolver o associativismo de todos os CFAE, eis os nossos caminhos, pois só será possível desenvolver uma formação contínua centrada nas escolas se, com efeito, for um trabalho que associe efetivamente as escolas. Não há dúvidas de que os CFAE têm tido ao longo dos últimos 25 anos um papel insubstituível, visto que as suas dinâmicas emergem dos contextos escolares e das reais necessidades das Escolas e dos seus agentes educativos. Constitui um dos principais desafios para os CFAE o desenvolvimento estratégico da Formação Contínua. Importa potenciar os recursos já existentes no terreno, não desperdiçando o know-how adquirido e a implantação territorial conseguida pelos CFAE ao longo de 25 anos. Claro que todo o trabalho desenvolvido, ao longo de 25 anos de formação contínua, é merecedor de um profundo tributo

Dos vários objetivos deste 14o Congresso, destacamos os seguintes:

▪ Assinalar os 25 anos de atividade dos CFAE;

▪ Compreender o papel dos CFAE na promoção da formação contínua de docentes;

▪ Refletir sobre as realidades formativas e as perspetivas futuras, num contexto de melhoria das aprendizagens dos alunos;

▪ Contribuir para a criação de Ambientes de Aprendizagem Inovadores;

▪ Contribuir para a implementação da flexibilização curricular e a autonomia das escolas;

▪ Potencializar a dimensão científica e pedagógica da formação contínua de docentes;

▪  Analisar o impacto da educação e formação, numa ótica de melhoria das práticas pedagógicas e didáticas;

▪ Apresentar propostas de futuro para consequente melhoria dos serviços prestados pelos CFAE.

Os destinatários são o Pessoal Docente e não Docente das escolas, Centros de Formação, as Conselhos de Diretores, Secções de Formação e Monitorização, Direções de Escolas/Agrupamentos de Escolas os Investigadores, Formadores, as Autarquias e Técnicos da Educação.